Lima2019. Foram 8 atletas e 7 medalhas: Dois ouros, duas pratas e três bronzes que fizeram desta, a melhor campanha da seleção brasileira de taekwondo em uma edição de Jogos Pan-Americanos. superando a melhor participação até então, nos Jogos do Rio, em 2007, quando o país teve um campeão, dois vices e um terceiro colocado.

Podio -68 kg.

A conquista de maior destaque do taekwondo no PAN foi com o ouro conquistado por Milena Titoneli na categoria até 67 kg. Em uma luta parelha a brasileira derrotou a norte-americana Paige Pherson por 9 a 7. Com isso, Milena se tornou a primeira mulher brasileira campeã do taekwondo nos Pan-Americanos.

Podio -49 kg.

O excelente desempenho em Lima vem na sequência da melhor participação do Brasil em Mundiais. No mês de maio em Manchester, o taekwondo do brasil conquistou 5 medalhas com essa geração que vem fazendo história na modalidade.

Podio +80 kg.
2019 tem sido um ano muito bom pro taekwondo brasileiro, que vem se reerguendo depois de uma fase “ruim”, passou por uma mudança de gestão e desde então, as coisas voltaram a acontecer. Acredito que isso vem refletindo nos resultados dos atletas em eventos internacionais e na modalidade como um todo, com os eventos aqui no Brasil já pudemos notar uma mudança positiva na organização e divulgações. Acredito que é só o começo de uma nova era para o nosso taekwondo e torço muito pra que continue nesse caminho. ” Concluiu Carla Moreira (@carlinhatkd ) correspondente do Mundo Taekwondo (@mundotaekwondo) no Brasil.

Resultados/ Medalhas Pan:
Ouro com: Milena Titoneli e Netinho Marques
Prata com: Talisca Reis e Icaro Miguel
Bronze com: Paulo Ricardo, Raiany Fidelis e Maicon Andrade
Participação de Rafaela Araujo.
Técnicos: Clayton Santos e Diego Ribeiro